Há quatro anos o Oswald participa de um processo de avaliação externa, o Canguru Sem Fronteiras – uma avaliação criada na Austrália na década de 1980 e que hoje é utilizada em 55 países. Com o objetivo de promover a divulgação da Matemática elementar, a equipe de Matemática do Oswald já pensa em estender essa participação dos alunos do colégio em provas mais tradicionais, como a Olimpíada Brasileira de Matemática.

O Canguru tem como diretriz o raciocínio matemático; não é destituído de conteúdos específicos, divididos por séries, mas a ênfase está no raciocínio. As provas são aplicadas para Ensino Fundamental II e Médio em um mesmo dia e têm como característica marcante a criatividade das questões.

Os professores acabam, inclusive, aproveitando a criatividade das questões do Canguru Matemático também nas provas regulares, alinhando-se ao trabalho geral do Oswald com a criatividade e o raciocínio crítico nas disciplinas de humanas e outras linguagens. Os alunos participantes que se destacam recebem medalhas e certificados pela participação. Em número de medalhas, a escola vem melhorando seu desempenho a cada ano – em 2017, foram 14 medalhistas.

Ainda em relação a parcerias de exames externos que conectem a prática pedagógica do Oswald e seus estudantes com referências mais gerais de educação, a professora do Ensino Fundamental II, Luciana, participou de um projeto na Editora Moderna que buscava detectar os principais problemas e defasagens do ensino da Matemática nas escolas.

O Oswald foi um dos colégios parceiros do projeto, aderindo à aplicação de uma prova no formato de múltipla escolha – em que cada resultado era apurado e relacionado a determinado raciocínio utilizado pelo aluno -, que pretendia testar o nível de conhecimento e defasagens. A Editora ainda deve gerar um relatório dessa avaliação, o que permitirá às escolas parceiras atuar nas áreas de defasagem.

Este texto foi desenvolvido a partir da contribuição de seis educadores do Oswald, em uma roda de conversa sobre o ensino da Matemática no Oswald. Ana Paula Mateus, professora do 5º ano do Fundamental I, que trabalha na escola há 7 anos; Luciana Moura, professora de Matemática do 6º e 7º ano e no Oswald há 4 anos, e Vania de Andrade Luz, professora de Matemática do 8º e 9º ano do Fundamental II e Ensino Médio e está na escola há 10 anos.